O mercado da construção civil aposta na sustentabilidade para recuperação econômica

Aplicar práticas de sustentabilidade ainda é um grande desafio para construção civil. De acordo com o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil, publicado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), a construção civil gera cerca de 122.262 toneladas de resíduos por dia.

Leia também: Selo Casa Azul Mais é apresentado a empresários da construção civil

Porém, a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por alternativas sustentáveis aumentasse. Entre as soluções, estão ações como a criação de planejamentos de obras bem definidos, a escolha de produtos sustentáveis e fornecedores e a reutilização de matérias-primas.

A solução para uma rápida recuperação no setor da construção civil está na aplicação de práticas de sustentabilidade. Essas medidas diminuem os impactos ambientais e são essenciais para a redução de gastos e aumento da produtividade em diversos setores.

 As principais práticas de sustentabilidade usadas na construção civil

1.  Aposte no conceito de Green Buildings

Conhecido como edifício verde, o Green Building é um espaço que deve usar processos de sustentabilidade em todas as etapas da obra, desde a criação, construção, operação e até eventualmente demolição, produzindo benefícios ambientais, econômicos e à saúde. O impacto para a natureza, por sua vez, deve ser mínimo e a economia de recursos como energia e água são altos.

2.      Faça o gerenciamento adequado dos resíduos

Em uma pequena construção, o uso de caçambas é um ótimo meio de armazenar os materiais sólidos inutilizáveis. Estes precisam ser levados para locais de triagem ou seguir para aterros próprios ao fim da obra. Já no caso de projetos maiores, o ideal é que as construtoras invistam em programas de gestão ambiental, visando a separação correta de resíduos desde o início até o fim da construção.

3.      Aposte em novas tecnologias

O gerenciamento correto do canteiro e das etapas de uma construção podem ser otimizados com a ajuda de softwares. Eles contribuem na redução de gastos com recursos e energia, uma vez que com eles tudo é feito de forma mais eficiente e produtiva, sem retrabalhos e desperdícios.

4.      Certifique a construtora sobre as normas reguladoras

As empresas que adotam um padrão de excelência capaz de certificar a máxima qualidade de suas atividades, podem se submeter à diferentes processos de certificação, que avaliam a performance sustentável com base em normas próprias de cada setor. Essas certificações ajudam a atrair clientes que, cada vez mais, buscam por construções mais ecoeficientes e sustentáveis.

5.      Evite o desperdício de energia

Reduzir o consumo de energia é indispensável para diminuir os danos causados ao meio ambiente. Dessa forma, ainda na etapa de planejamento, é importante considerar práticas para a sustentabilidade na construção civil, como a utilização de iluminação e ventilação natural. Para isso, é preciso avaliar com cuidado a incidência de vento e de sol no local.

Leia também: Conheça as tendências do mercado da construção civil

A Construtora Ubiratan

Fundada em 1972, a Construtora Ubiratan está ligada desde o início à expansão da infraestrutura do país. Aliando o espírito empreendedor com a prestação de serviços de qualidade, a empresa se consolidou ao longo de sua história por meio da realização de obras diversas, passando desde a área da saúde, educação, segurança pública, edificações industriais e comerciais.

Com o passar dos anos, além da expansão dos serviços prestados, a Ubiratan também ampliou suas áreas de atuação, passando a ter negócios também no interior de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além de também atuar como incorporadora focando nas regiões da Grande São Paulo e litoral paulista. 

Consolidada no mercado de construção civil, a Ubiratan possui como principais características a atuação em variados setores, sempre mantendo a excelência construtiva ao lado de ótimo custo-benefício. Conheça nosso perfil do Instagram, página do Facebook e LinkedIn!

Rolar para o topo